12/11/2016

A Oeste nada de novo?

Parece que esta semana soaram as "trumpetas" a Oeste, não é verdade?

Eu até simpatizava com a senhora patusca, mas, aqui há uns meses, quando perguntei a opinião ao meu assessor de política norte-americana (aka marido) ele explicou-me que na verdade os americanos até não simpatizam assim tanto com a senhora patusca e que o outro senhor tinha muitas hipóteses. Pensei para mim, será? O que é certo é que as sondagens nunca deram uma vantagem à vontade para nenhum deles, pelo que havia 50/50 de hipóteses disto acontecer. Por um lado, não percebo a surpresa. Parece que o dito senhor nem sequer era candidato, que as sondagens não estavam ali mais voto menos voto e que apareceu assim do nada no mundo. Pode não ser aquilo que se esperava, é verdade, mas era algo que não estava fora de questão. Por outro, vamos ver o impacto que isto vai ter no mundo e rezar para que não seja assim tão mau como ele o pintou.

Sem comentários:

Enviar um comentário