07/06/2014

Em bom português

Eu cá nem sou nenhuma purista da língua nem professora de português, mas moramos em Portugal, logo temos obrigação de falarmos e escrevermos a nossa língua em condições, certo?

Já não bastava as pessoas não pontuarem, darem erros ortográficos, não perceberem a diferença entre há e à, agora é esta coisa dos acentos. Vá lá ver, e e é não são a mesma coisa, a e à não são a mesma coisa, pais e país não são a mesma coisa e por aí (aí e ai também não são a mesma coisa) fora e às tantas uma pessoa tem de ler a mesma mensagem/ email/ post várias vezes para entender o que aquela alma quer dizer com aquilo.

Como se não bastasse agora a Zon quis brincar aos Nos (nus, nos, nós) e a Modalfa à Mo (mu, mo, mó). Ai, a sério?

E aqueles meninos daquelas campanhas que não sabem escrever os verbos? E pelos vistos não houve quem lhes dissesse olha que isso não se escreve assim...

Enfim, um erro, uma gralha, à pressa, toda a gente comete, mas há coisas que não têm justificação.

Sem comentários:

Enviar um comentário