05/04/2014

Sou a bruxa da aldeia

As pessoas* procuram-me com as suas dúvidas e questões: o que fazer para o jantar, como fazer o que eu sugeri para o jantar, como curar maleitas várias em humanos e animais de estimação diversos, que mensagem enviar aos pais no dia do pai, como escrever aquele email importante, direcções e localizações, como ultrapassar problemas informáticos, enfim, de um tudo. Não sei porque fazem isso, porque não tenho uma sapiência assim tão diferente da do comum dos mortais (e muitas vezes tenho de pedir a ajuda do Mr Google), mas tento dar indicações e conselhos que eu própria seguiria e as pessoas, à falta de melhor, aceitam-nos. Mas não é tudo. As mulheres procuram-me especialmente para esclarecer dúvidas do coração (sim, procuram-me a mim! É quase hilariante!), mas isso é uma questão tão complexa que terá de ter um post só para si.


*Ei, atenção, as pessoas que fazem isso são minhas amigas ou conhecidas, não vêm peregrinos de longe a pé bater-me à porta.

2 comentários:

  1. Gostei do esclarecimento final. Já estava a ficar intrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É por isso que não se podem ler só as gordas! :D

      Eliminar